• Pascom Diocesana

O Papa nomeia novo bispo de Camaçari (BA), Colatina (ES), e bispo auxiliar para BH




O Santo Padre aceitou a renúncia ao governo pastoral da Diocese de Camaçari - BA, apresentada por dom João Carlos Petrini.

Novo bispo de Camaçari

O Papa nomeou bispo de Camaçari o padre Dirceu de Oliveira Medeiros, do clero da Diocese de São João del Rei - MG, até agora subsecretário adjunto geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Padre Dirceu de Oliveira Medeiros nasceu em 28 de março de 1973 em Barroso, Diocese de São João del Rei, Minas Gerais. Fez os estudos de Filosofia (1995-1997) e Teologia (1998-2001) no Instituto Teológico Arquidiocesano Santo Antônio em Juiz de Fora. Foi ordenado sacerdote em 15 de dezembro de 2001 e incardinado na Diocese de São João del Rei, onde ocupou os seguintes cargos: responsável pela Campanha da Fraternidade; vigário paroquial do Senhor Bom Jesus de Matosinhos em São João del Rei-MG (2002-2004); pároco de Nossa Senhora da Conceição em Prados-MG (2004-2019); coordenador diocesano da Comissão dos Bens Culturais da Igreja e da Comissão dos Bens Culturais do Regional Leste 2 da CNBB; membro do Conselho Presbiteral e do Colégio de Consultores; vigário forâneo; vigário geral (2007-2018); administrador diocesano (2018). Além disso, foi professor no Curso de Teologia para Leigos em São João del Rei e em Juiz de Fora. Desde 2019, subsecretário adjunto geral da CNBB.

Novo bispo de Colatina

O Santo Padre nomeou bispo da Diocese de Colatina - ES o padre Lauro Sérgio Versiani Barbosa, do clero da Arquidiocese Metropolitana de Mariana - MG, até agora pároco de Nossa Senhora do Rosário de Fátima em Viçosa-MG.

Padre Lauro Sérgio Versiani Barbosa nasceu em 29 de abril de 1959 em Ouro Preto, Arquidiocese Metropolitana de Mariana, Minas Gerais. Fez os estudos de História e de Filosofia na Universidade Federal de Minas Gerais. Estudou Teologia na Faculdade Jesuíta em Belo Horizonte (1991-1994) e fez mestrado em Teologia Dogmática na Pontifícia Universidade Gregoriana em Roma (1999-2001).

Em 2 de setembro de 1995 foi ordenado sacerdote e incardinado na Arquidiocese Metropolitana de Mariana, onde ocupou os seguintes cargos: diretor de Estudos no Instituto de Filosofia (1994-1998) e de Teologia (2002-2005) do Seminário São José; vigário paroquial do Sagrado Coração de Jesus em Mariana (1995-1999/2001-2012); diretor da Escola Diaconal São Lourenço (2005-2014); reitor do Seminário Arquidiocesano de Mariana (2006-2014); assessor do Conselho Arquidiocesano dos Leigos (2002-2012); presidente da Organização de Seminários e Institutos do Brasil do Regional Leste 2 da CNBB (2007-2011); vigário episcopal da Região Pastoral Leste (2016-2019); membro do Colégio de Consultores, do Conselho Presbiteral, do Conselho Arquidiocesano de Pastoral, do Conselho Arquidiocesano de Assuntos Econômicos e do Conselho Curatorial da Fundação Marianense de Educação. Além disso, de 2014 a 2018 foi postulador da fase Diocesana da Causa de Beatificação e Canonização do Servo de Deus dom Luciano Mendes de Almeida.

Até então era o pároco de Nossa Senhora do Rosário de Fátima em Viçosa (desde 2014), professor de Filosofia e de Teologia no Seminário Arquidiocesano (desde 1993), diretor da Fundação Cultural e Educacional da Arquidiocese de Mariana (desde 2017) e membro do Capítulo Metropolitano.

Novo bispo auxiliar de Belo Horizonte

O Santo Padre nomeou bispo auxiliar da Arquidiocese Metropolitana de Belo Horizonte o padre Joel Maria dos Santos, do clero da mesma Arquidiocese, até agora pároco da Santíssima Trindade em Belo Horizonte e vigário episcopal para a Ação Pastoral.

Padre Joel Maria dos Santos nasceu em 8 de fevereiro de 1966, em Belo Horizonte. Fez os estudos de Filosofia (1987-1989) e de Teologia (1990-1994) na Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, onde também fez um curso de Psicologia (2000-2004).

Foi ordenado sacerdote em 14 de maio de 1994 e incardinado na Arquidiocese Metropolitana de Belo Horizonte, onde ocupou os seguintes cargos: vigário paroquial de Maria Mãe dos Pobres (1994-1995); administrador paroquial de Santa Clara e São Francisco (1994-1995); vigário paroquial de São Vicente de Paulo (1995-1996); pároco de Santa Teresinha (1996-2008); vigário paroquial da Santíssima Trindade (2008-2013); coordenador do Seminário Arquidiocesano (2010-2013); pároco de Bom Pastor (2012-2014) e do Santo Cura d'Ars (2014-2018); assessor para o Diaconato Permanente (2017-2021).

Desde 2016 até agora é vigário episcopal para a Ação Pastoral e desde 2018 é pároco da Santíssima Trindade em Belo Horizonte.


Via: Vatican News

0 comentário