top of page
  • Foto do escritorDiocese de Cruz das Almas

Dom Tourinho fala sobre a Campanha da Fraternidade



Com o tema ¨Fraternidade e Amizade Social" e o lema, "Vós sois todos irmãos e irmãs" (Mt. 23,8), a CF 2024 inspirada na Encíclica "Fratelli Tutti" do Papa Francisco deseja despertar em nossos corações a consciência dos males provocados pelos pecados do individualismo e da indiferença, que são a causa de todo tipo de egoísmo, sectarismo, egocentrismo e políticas de isolacionismo que defende os interesses de algumas nações em detrimento aos direitos de outras. Tanto os cristãos, como outras pessoas de corações de boa vontade têm o dever de anunciar e testemunhar ao mundo a prática da amizade social como sendo a belíssima ação da "arte" de amar. Para nós, cristãos, antes de tudo, a autêntica amizade social exige que amemos Jesus na pessoa do próximo (Lc. 10,25-37), assim, poderemos amar a todos sem fazer acepção de pessoas. Agindo dessa forma não haverá mais entre nós o simpático e o antipático, o bonito e o feio, o perfeito e o deficiente, o grande e o pequeno, o compatriota e o estrangeiro, o gênero dominante e o dominado, pois seremos todos respeitados em nossa dignidade humana.


A amizade social, consequência de ver Jesus no outro, é uma iniciativa daqueles que não esperam ser servidos, mas servem por primeiro (Mt. 20,28). O tema e o lema da CF 2024 nos convidam a amar o outro como a nós mesmos e isso deve ser considerado na prática, não apenas em palavras. O outro sou eu, eu sou o outro, porque devo amá-lo como a mim mesmo, isto é, fazer a ele o bem que faria a mim (Mt. 22,39). E ainda: a amizade social me interpela a considerar também aquele que se faz diferente de mim, até mesmo o que se declara meu inimigo. É a dinâmica do "perdoar setenta vezes" (Mt. 18,21-22) ou "ama o inimigo, faz o bem e reza por ele" (Lc. 6,27-49). Se o coração humano entender esse discurso e o praticar, com certeza, muitas mazelas sociais, como guerras, violências, disputas, discriminações, desigualdades, preconceitos, etc..., serão extintas do mundo.


O convite da Campanha da Fraternidade é para sairmos, sermos missionários, igreja itinerante, conforme sugere o subsídio elaborado pelo Regional NE 3, levando a Boa Nova de Jesus Cristo a todos, principalmente aos afastados da comunidade cristã, aos isolados, aos solitários, aos mais vulneráreis, etc.


Que Nossa Senhora da Pressa, aquela que se levantou e foi às pressas à montanha para anunciar e servir (Lc. 1,39), ajude-nos a assumir a pressa de Deus na construção de uma fraternidade universal por meio da autêntica amizade social.


Desejo uma santa e frutuosa Quaresma a todos e uma feliz e abençoada Páscoa da Ressurreição!


Dom Antonio Tourinho Neto

Bispo Diocesano


191 visualizações

Comments


bottom of page