• Pascom Diocesana

Vocação: "Amo ser Religiosa e se eu nascesse hoje, novamente eu queria ser Religiosa Consagrada".

Atualizado: 25 de Ago de 2018

Neste mês dedicado as vocações, a Pastoral da Comunicação (PASCOM) Diocesana, conversou com a Irmã Ana Raquel, da Congregação das Filhas de Santana, sobre a vocação de Religiosa Consagrada. Irmã Raquel, 35, é natural do município de Passa e Fica no Rio Grande do Norte e atualmente reside na Paróquia Senhor Deus Menino em São Félix. Nesta entrevista, a religiosa fala sobre o seu despertar vocacional, sobre a alegria de servir ao Senhor e sobre sua Congregação. É um belo testemunho, confira!


"Vale a pena ser religiosa!', disse a Irmã.

Como surgiu sua vocação Irmã?

Eu sempre tinha no coração que Deus me chamava para algo, porém, como criança eu não entendia, o tempo foi passando e com a ajuda da minha avó, que sempre me orientou, levando para a Igreja, encaminhando para catequese e Crisma, fui me aproximando cada vez mais da Igreja. Depois quando jovem, participei de um grupo da Pastoral da Juventude, da qual eu amo muito e, percebi de forma mais clara, que de fato, Deus me chamava para a vida religiosa consagrada e, num momento em que a Paróquia vivenciava as Santas Missões Populares, eu senti meu coração bater mais forte e eu dizia: é como religiosa!


E como a senhora chegou a esse discernimento?

Nas missões eu conheci as Irmãs da Congregação do Amor Divino, mas não me identificava muito porque não era exatamente aquele estilo, porém eu tinha certeza que era a vida religiosa consagrada e Deus foi me ajudando a perceber que o que eu trazia dentro de mim era realmente para me doar ao Reino e que não bastava mais participar apenas da Santa Missa e das pastorais, porque eu participava de tudo e mais um pouquinho do que tinha na Igreja [meus pais diziam, Raquel leva logo o colchão para a Igreja] E aí fui percebendo que já não bastava mais aquilo e que Deus queria mais de mim, e eu queria me doar mais!


Como a senhora conheceu a Congregação das Filhas de Santana?

Eu conheci a Congregação através de um vocacionado dos Filhos de Santana, porque nós também temos a expressão masculina, hoje ele é um sacerdote, chama-se Ronaldo e ele descobriu que eu queria ser consagrada e me perguntou se eu já conhecia a Congregação das Filhas de Santana e ao me falar sobre a fundadora e a missão da Congregação, eu fiquei encantada com o estilo.


E qual o Carisma dessa Congregação que lhe encantou tanto?

Nosso Carisma é servir e seguir a Jesus Cristo, Casto, Pobre e Obediente, através da doação materna aos irmãos, através do espírito de família e através da pobreza de coração. Viver esse carisma através das obras sociais, nos hospitais, nas paróquias, nesses espaços sociais que nós precisamos estar, mas vivendo a dimensão carismática.


Quanto tempo a senhora tem de vida religiosa?

Como religiosa, farei 10 anos no dia 2 de fevereiro.


Por onde a senhora já serviu?

Já passei por uma obra social, uma creche em Carpina em Pernambuco, já passei por algumas comunidades inseridas na vida paroquial no Rio Grande do Norte e Igaraçu em Pernambuco e também já morei em duas escolas uma em Recife e outra em Natal.


dom tourinho

Ultimamente qual tem sido sua missão?

Estou na minha querida São Félix, atuo no serviço pastoral, acompanho a Pastoral Vocacional, que me identifico muito ajudando os jovens e as pessoas a se perceberem vocacionados ao amor de Deus e a partir daí perceberem o chamado de Deus em suas vidas, também estou na catequese e visito as famílias.


Vale a pena ser Religiosa Consagrada no mundo de hoje?

Vale muito a pena! Eu amo ser religiosa e se eu nascesse hoje, novamente eu queria ser religiosa consagrada, queria consagrar a minha vida ao Senhor.


O que a senhora diria para uma jovem que gostaria de futuramente ser uma religiosa?

A mensagem que eu deixo para aquelas que querem seguir esse mesmo caminho de dedicar a vida ao Reino é que não tenham medo de dizer sim ao Senhor, não tenham medo de escutar a voz do mestre que está sempre chamando. Se precisar de ajuda, contem comigo, terei prazer de acompanhá-las e orientá-las naquilo que Deus propõe para cada uma.


Quem desejar um acompanhamento vocacional, como pode entrar em contato?

Para entrar em contato comigo pode me ligar através do número: 75 988721314 ou me encontrar no Instagram ou Facebook como irmã Ana Raquel e também pode ir em nossa comunidade em São Félix na Rua 20 de Dezembro, nº 45, próximo ao Mercado Público e a Prefeitura e se desejar também pode enviar um e-mail para rmfdejesus@yahoo.com.br.



220 visualizações
LOCALIZAÇÃO

Tel (75) 3621-2686

 

Praça Senador Temístocles, s/n – Centro

Cep. 44.380-000 Cruz das Almas – BA.

e-mail: contato@diocesedecruzdasalmas.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon

© 2018 por Diocese de Cruz das Almas. Pastoral da Comunicação Diocesana.