• Pascom Diocesana

NOTA DA DIOCESE DE CRUZ DAS ALMAS SOBRE O DECRETO DE NÚMERO 20.240 DO GOVERNO DO ESTADO DA BAHIA






Ao Clero, Religiosos (as), Leigos (as) e a quem mais interessar esta nota.


Tendo em vista o agravamento da pandemia da COVID-19 na Bahia e em atenção ao decreto publicado pelo Governo do Estado, durante o período de 22 de fevereiro a 28 de fevereiro de 2021, que entre outras medidas estabelece restrições de locomoção e suspende a realização de eventos religiosos com a presença de público, orientamos:


1) Fica suspenso qualquer evento religioso como determina o decreto do senhor Governador do Estado, inclusive as Santas Missas, com a participação de fiéis.


2) As Missas em ação de graça pelas posses dos futuros párocos serão mantidas nas datas previstas, recomendamos que aconteçam com poucas pessoas (membros do Conselho Paroquial), sem confraternizações e que atentem ao horário do Toque de Recolher.


3) Todas as celebrações podem e devem, na medida do possível, ser transmitidas pelos meios de comunicação a nosso alcance; os fiéis sejam avisados para que possam acompanhar e se unir, na medida do possível, em família, para rezarem no momento celebrativo.


4) Não obstante, faz-se necessário seguir o regimento de cada município, em particular, a respeito do Decreto emitido pelo Governo do Estado.


Registramos que, desde o início da pandemia, nossa Diocese vem contribuindo com as autoridades sanitárias, respeitando todas as medidas, orientando aos fiéis e prestando assistência religiosa-espiritual e material, principalmente aos mais vulneráveis. Permaneceremos com o mesmo empenho na responsabilidade com a prevenção, controle da pandemia e na preservação da vida.


Esperávamos que as autoridades civis levassem em consideração tudo que foi citado acima, pois a Igreja é uma das entidades que vem patrocinando, rigorosamente e responsavelmente, as medidas cautelares em favor da vida e contra a infecção do Coronavírus.


É lamentável que o acompanhamento espiritual dos fiéis, em tempo de isolamento social prolongado, seja considerado não essencial por parte da autoridade competente.


Que o Senhor Jesus nos favoreça, pela intercessão de Nossa Senhora do Bom Sucesso e São José, neste ano dedicado a ele.



Cruz das Almas, 24 de fevereiro de 2021.



Dom Antonio Tourinho Neto

Bispo Diocesano de Cruz das Almas

0 comentário