• Pascom Diocesana

Pe. Antonio Rebouças é empossado como novo Pároco da Paróquia São João Batista

Atualizado: Mar 8

Em Celebração presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Antonio Tourinho Neto, na manhã deste sábado (06), o Reverendíssimo Padre Antonio Rebouças Santana tomou posse como pároco da Paróquia São João Batista, em Cabaceiras do Paraguaçu.


Seguindo os protocolos sanitários contra a Covid-19, a Celebração Eucarística teve um número limitado de fiéis, na sua maioria de representantes dos grupos que atuam na comunidade e representantes da Paróquia São José, de Cruz das Almas. A posse canônica contou com a presença do clero diocesano, de padres da Diocese de Alagoinhas e do prefeito de Cabaceiras do Paraguaçu, Pedro André, além de outras autoridades municipais.

No início da Celebração, após a saudação de Dom Antonio Tourinho, foi feita a proclamação do decreto de nomeação de pároco, proferida pelo Pe. André Soeira. Ao passar o documento às mãos do Pe. Antonio Rebouças o Bispo exortou: "Que o senhor possa reger, santificar e ensinar esse rebanho que agora lhe é confiado", disse.


Homilia

Na homilia, Dom Antonio Tourinho recordou o trabalho realizado pelo pároco anterior, Pe. Jurandir Paz, e pediu que os leigos acolham o novo padre nesta nova etapa do seu ministério sacerdotal. "Agradeço por tudo que fez o Pe. Jurandir nesta comunidade, por quase 12 anos, e hoje venho empossar o segundo padre com o coração cheio de esperança e gratidão".


O Bispo Diocesano agradeceu ao Padre Antonio Rebouças pela disponibilidade e pela nobre atitude de aceitar ao convite de transferência, sem colocar dificuldades, mesmo vivendo há 20 anos em Cruz das Almas. "Mesmo sofrendo pela despedida, consentiu imediatamente. Atitude de verdadeiro missionário da Igreja", disse.

Dirigindo-se à comunidade paroquial, o Bispo falou de sua estima pelo sacerdote que também é Vigário Geral da Diocese. "É um padre muito querido e estimado por mim e por todo clero, é o Padre de minha confiança, o meu confessor. Um padre dinâmico e conhecido pelo seu zelo com a liturgia. Peço a vocês que o acolham com muito carinho, estima e obediência”. Ao dirigir-se ao Padre Antonio, pediu. “Em nome da caridade, eu o exorto a exercer o novo pastoreio com prudência e paciência, observando e conquistando os corações dos fiéis”.

Concluindo a homilia, Dom Antonio Tourinho passou às mãos do novo pároco uma relíquia de São João Paulo II, canonizado em 27 de abril de 2014. "Que este grande homem de fé, grande Papa da Igreja, interceda pelo seu ministério sacerdotal", rogou.



Agradecimentos

Ao fim do rito celebrativo, Pe. Antonio acolheu mensagens de acolhida e homenagem dos fiéis da Paróquia São João Batista e da Paróquia São José. "A entrega hoje é emocionante, olhamos para trás e vemos tudo que ele fez em nossa paróquia. Hoje lhes entregamos uma verdadeira dádiva", disse o representante da Paróquia São José, Ivan Pedro.

Muito emocionado, o Pe. Antonio agradeceu ao Bispo Diocesano. "Obrigado pela sua confiança e pela sinceridade das suas palavras e da exortação quanto ao exercício do ministério, pode contar comigo". O novo pároco agradeceu o trabalho realizado pelo seu antecessor, Pe. Jurandir, aos seus ex-paroquianos, "eternamente em meu coração", e aos fiéis de sua nova paróquia: “Agradeço a cada um de vocês, chego de braços abertos para acolher e ajudar todas as pessoas”, finalizou.

Sobre o Padre Antonio Rebouças


Padre Antonio Rebouças Santana, é natural de Castro Alves (BA), nasceu em 24 de novembro de 1954. Foi ordenado sacerdote em 06 de abril de 2002. É Vigário Geral da Diocese de Cruz das Almas, Juiz Auditor da Câmara Eclesiástica Diocesana e Assistente Eclesiástico das Equipes de Nossa Senhora. Foi Vigário Forâneo da antiga Forania 11 da Arquidiocese de São Salvador da Bahia. Foi Vigário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora do Bom Sucesso e em 10 de outubro de 2010 foi empossado como primeiro pároco da Paróquia São José, no Bairro da Coplan, em Cruz das Almas, onde permaneceu por 10 anos até ser nomeado Pároco da Paróquia São João Batista, em Cabaceiras do Paraguaçu.



Matéria: Mário Jorge

Fotos: Diácono Alan Bacelar

0 comentário