top of page
  • Foto do escritorDiocese de Cruz das Almas

Paróquia São João Batista, em Cabaceiras do Paraguaçu celebra seu padroeiro




A Paróquia de Cabaceiras do Paraguaçu, celebrou no domingo (24) a festa em honra ao seu Padroeiro São João Batista.

A Missa Solene da Natividade de São João foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Antonio Tourinho Neto e concelebrada pelo Administrador Paroquial, Pe. Carlos Jeronimo, e pelo Pe. Felipe Vichi. Na parte da tarde houve procissão com a imagem do santo precursor de Jesus.


Natividade de São João Batista


Todos os anos, no dia 24 de junho, nos reunimos para celebrar o nascimento de João. Neste dia especial, somos convidados a refletir sobre o significado profundo dessa festa e a mensagem que São João Batista nos transmite através de sua vida e exemplo.


A natividade de São João Batista tem uma importância singular, pois marca o nascimento daquele que foi designado por Deus como o precursor do Messias. João foi enviado como uma voz que clama no deserto, anunciando a chegada da salvação e preparando o caminho para Jesus Cristo.


A vida de João foi marcada por uma profunda dedicação a Deus e uma busca incansável pela verdade. Desde o ventre de sua mãe, Isabel, ele foi abençoado com o Espírito Santo, preparando-o para a missão que estava por vir.


No relato do Evangelho de Lucas, somos apresentados a um momento singular. Maria, estando grávida, decidiu visitar sua parente Isabel, que também carregava um bebê em seu ventre, o futuro João Batista. Quando Maria saudou Isabel, algo aconteceu: Isabel foi “cheia do Espírito Santo” e o bebê que ela carregava “pulou de alegria” em seu ventre. Essa reação notável revelou a presença divina de Jesus naquele momento.


Essa passagem bíblica tem sido interpretada ao longo dos séculos como um sinal de que João Batista foi santificado nesse momento, ou seja, purificado do pecado original, como se tivesse sido “batizado” ainda no ventre de sua mãe. No entanto, isso não implica que João tenha sido concebido sem pecado. A Imaculada Conceição é um privilégio único concedido a Nossa Senhora, a Virgem Maria, dentre todos os santos. Ela foi preservada do pecado original desde o momento de sua concepção.


Ao contrário de Nossa Senhora, João Batista não foi preservado de todos os pecados ao longo de sua vida. Mas ele foi escolhido por Deus para desempenhar um papel crucial na história da salvação. João viveu uma vida exemplar de santidade, sendo cheio do Espírito Santo desde o ventre de sua mãe. Ele foi chamado para anunciar a vinda do Filho de Deus e preparar o caminho para Ele.


Portanto, no dia em que celebramos o nascimento de São João Batista, honramos um homem que foi preenchido pelo Espírito Santo antes mesmo de nascer. Reconhecemos sua missão especial de anunciar Jesus Cristo e testemunhar Sua presença entre nós. São João Batista viveu uma vida de dedicação, sendo um modelo de santidade para todos nós. Sua fé o levou ao martírio, pagando o preço por sua coragem e fidelidade.


João cresceu no deserto, longe das distrações do mundo, em uma vida de penitência e oração, buscando purificar seu coração e estar em comunhão íntima com Deus.

Quando chegou o momento certo, João começou a pregar um batismo de arrependimento, chamando as pessoas ao perdão e à conversão. Multidões se reuniram para ouvir suas palavras poderosas e testemunhar sua coragem e autenticidade. Ele foi um exemplo de humildade, negando a si mesmo para apontar para aquele que era maior do que ele — Jesus, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.


Mas a missão de João Batista não terminou com seu ministério terreno. Ele nos deixou um legado duradouro de coragem, humildade e compromisso com a verdade. Assim como João, também somos chamados a ser vozes no deserto, anunciando a mensagem do Evangelho e preparando o caminho para Cristo em nossas próprias vidas.


Neste tempo em que vivemos, enfrentamos muitos desafios e tentações que podem nos afastar de Deus. O exemplo de São João Batista nos inspira a buscar a verdade, a viver uma vida de retidão e a preparar nossos corações para receber Jesus. Somos chamados a ser testemunhas corajosas de nossa fé, compartilhando a Boa Nova em nossas palavras e ações, como João fez com sua vida.


Que São João Batista interceda por nós, fortalecendo nossa fé e guiando-nos no caminho da santidade. Que sua natividade seja uma fonte de inspiração contínua para nós, e que, assim como ele, possamos nos tornar verdadeiros mensageiros do amor e da misericórdia de Deus.


Fonte: CNBB


Fotos: Pascom Paróquia São João Batista

92 visualizações

Comments


bottom of page