• Pascom Diocesana

Papa João Paulo I será beatificado em setembro de 2022

Atualizado: 4 de jan.

João Paulo I, o papa do sorriso, cujo pontificado durou apenas 33 dias, será beatificado em 4 de setembro de 2022 pelo papa Francisco na praça de São Pedro. A data foi anunciada pela Congregação para as Causas dos Santos quase dois meses depois que o papa Francisco aprovou o decreto que reconhece o milagre atribuído à intercessão de João Paulo I: a cura da argentina Candela Giarda em 2011, na época uma menina em estado vegetativo.


O dicastério dirigido pelo cardeal Marcello Semeraro comunicou a data ao postulador da causa da canonização, cardeal Beniamino Stella, e a dom Renato Marangoni, bispo de Belluno-Feltre, diocese onde no dia 23 de novembro de 2003 foi aberto o processo para levar aos altares o papa do sorriso, cujo nome de batismo foi Albino Luciani.

O pontificado de João Paulo I durou apenas 33 dias, de 26 de agosto de 1978 até sua morte em 28 de setembro do mesmo ano.



Breve biografia

Albino Luciani nasceu em 17 de outubro de 1912 na cidade de Canale d’Agordo, na Itália. Foi batizado no mesmo dia por uma senhora chamada Maria Fiocco, ante “o perigo iminente de morte”, diz o site da Santa Sé. Luciani entrou no seminário menor de Feltre, Itália, em outubro de 1923 e, em outubro de 1928, ingressou no seminário gregoriano em Belluno. Com 22 anos, Luciani foi ordenado sacerdote em 7 de julho de 1935. Depois, ele estudou na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, onde defendeu a tese “A origem da alma humana segundo Antonio Rosmini”. Em 15 de dezembro de 1958, o então papa são João XXIII nomeou-o bispo de Vittorio Veneto, e o consagrou em 27 de dezembro, na Basílica de São Pedro. Em 1º de fevereiro de 1970, são Paulo VI nomeou Luciani patriarca de Veneza. Três anos depois, em 5 de março de 1973, foi criado cardeal.


O cardeal Luciani participou do primeiro conclave de 1978, no qual foi eleito papa João Paulo I em 26 de agosto. O nome que escolheu junta os de seus dois antecessores imediatos, são João XXIII e são Paulo VI, como forma de homenagear os dois papas que lideraram o Concílio Vaticano II. O pontificado de João Paulo I, conhecido como “o papa do sorriso”, começou em 3 de setembro de 1978 e durou apenas 33 dias, sendo, assim, um dos mais curtos da história da Igreja. João Paulo I morreu em 28 de setembro de 1978 no Palácio Apostólico do Vaticano.


O decreto que reconhece o milagre atribuído à sua intercessão foi assinado pelo papa Francisco em 13 de outubro de 2021.



Fonte e foto: Site ACI Digital

0 comentário