• Pascom Diocesana

Centenário da Legião de Maria é celebrado com Missa em Cruz das Almas




Os legionários da Diocese de Cruz das Almas celebraram neste domingo, 31 de outubro, encerramento do mês missionário, os 100 anos da presença da Legião de Maria no mundo. A Santa Missa foi presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Antonio Tourinho Neto, na Catedral Nossa Senhora do Bom Sucesso.


A Legião de Maria é uma associação internacional fundada em 7 de setembro de 1921 pelo leigo, Frank Duff em Dublin, na Irlanda. O movimento está há 70 anos no Brasil e há 65 anos na Bahia. Em Cruz das Almas, a associação formada por fiéis leigos possui 49 anos de caminhada, tendo sido fundada em 16 de julho de 1972.



Tendo como espiritualidade missionária, levar Jesus e Maria às famílias, na Diocese de Cruz das Almas, a Legião de Maria é composta por 1 Comitium (conselho diocesano), 7 Cúrias ( conselhos paroquiais) e 81 Praesidias (grupos legionários). Está presente nas paróquias Catedral e São José, em Cruz das Almas; Nossa Senhora da Conceição, em Governador Mangabeira; Senhor Deus Menino, em São Félix; São Bartolomeu e Nossa Senhora da Vitória, em Maragojipe; e Nossa Senhora da Purificação e Nossa Senhora do Rosário, em Santo Amaro.


Os membros da Legião de Maria são divididos em duas categorias. Na primeira delas, chamada de auxiliares, estão os fiéis que se comprometem a rezar diariamente as orações legionárias. Já os membros ativos devem participar das reuniões semanais do Praesidium (grupo legionário) ao qual pertencem, rezar diariamente a Catena e desenvolver os trabalhos próprios do movimento, que são, por exemplo, as visitas aos idosos, aos doentes, aos hospitais, às cadeias, às famílias e aos asilos.



0 comentário