• Pascom Diocesana

Fé, acolhimento e tradição marcam a Festa da Boa Morte em Cachoeira

Atualizado: 19 de Ago de 2019




O ponto alto da Festa realizada pela Irmandade da Boa Morte, aconteceu nesta quinta-feira (15), dia da Assunção de Maria, com a Festa de Nossa Senhora da Glória. As irmãs foram acolhidas na Igreja Matriz de Cachoeira, onde foi realizada a Missa festiva presidida pelo pároco, Cônego Hélio Vilas-Boas, e concelebrada pelos padres Anderson Moura, José Ribeiro, Frei Totó e Jonathan de Jesus, pregador da solenidade.


Após a Missa, aconteceu a procissão pelas ruas da cidade histórica de Cachoeira. O cortejo das irmãs foi seguido por uma multidão de pessoas de diversos lugares, incluindo estrangeiros. Após a tradicional procissão, as irmãs se dirigiram à capela, que fica na sede da Irmandade, para a eleição e posse da nova comissão. A programação do dia foi encerrado com valsa e distribuição de almoço para os visitantes.


A Festa da Boa Morte é realizada há 199 anos por mulheres descendentes de escravizados, que se associaram, por meio da fé na Virgem Maria, para ajudar na libertação dos que vivam sob o julgo da escravidão e para pedir à Nossa Senhora a intercessão na hora da morte. O evento é reconhecido como Patrimônio Imaterial da Bahia pelo Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural (Ipac).



Fotos: Diác. Alan Bacelar/Pascom





44 visualizações
LOCALIZAÇÃO

Tel (75) 3621-2686

 

Praça Senador Temístocles, s/n – Centro

Cep. 44.380-000 Cruz das Almas – BA.

e-mail: contato@diocesedecruzdasalmas.com.br

  • Grey Facebook Icon
  • Grey Google+ Icon

© 2018 por Diocese de Cruz das Almas. Pastoral da Comunicação Diocesana.