top of page
  • Foto do escritorDiocese de Cruz das Almas

Dom Tourinho visita seminário Maria Mater Ecclesiae

Nos dias 28 e 29 de abril, o Bispo da Diocese de Cruz das Almas, Dom Antonio Tourinho Neto, visitou pela segunda vez os seminaristas diocesanos no Seminário Maria Mater Ecclesiae, em São Paulo.



A visita ocorreu logo após a conclusão da 60ª Assembleia Geral da CNBB. Dom Tourinho partilhou sobre a sua experiência no evento e pôde reencontrar durante sua estadia no seminário outros bispos que também participaram da referida assembleia: Dom Rubival Cabral, Dom João Kot e Dom João Salm, bispos de das Dioceses de Grajaú (MA), Zé Doca (MA) e Novo Hamburgo (RS) respectivamente, com os quais junto à comunidade, teve bons momentos de convivência fraterna.


Em reunião com os nove seminaristas da diocese, Dom Antonio apresentou e explicou a Carta Pastoral publicada por ocasião dos cinco anos de ereção da Diocese de Cruz das Almas. Enfatizou nesse momento os passos e conquistas que com a graça de Deus a diocese pôde alcançar nesses primeiros anos, além dos desafios enfrentados. Evidenciou também o perfil acolhedor da diocese, preocupada em valorizar a pessoa do outro e acolher a todos os fiéis, especialmente os mais necessitados, sensível aos clamores do tempo vigente, atenta para a escuta e bem disposta para o diálogo. Consciente de que parte fundamental da sua missão é o serviço, servir a Deus através do próximo que sempre precisa escutar esse chamamento “Ide também vós para a minha vinha” Mt. 20,7

 


Dom Antonio, celebrou a eucaristia no oratório com os seminaristas e exortou-os a defenderem a própria vocação com fidelidade, dando o seu melhor na busca pela santidade e por formarem um coração bondoso, compassivo e misericordioso como o do próprio Bom Pastor que ama e cuida das ovelhas que estão perto dele, mas também zela e defende as ovelhas que se encontram em outro aprisco. Animou a cada um a serem sempre mais disponíveis para servir ao povo de Deus com generosidade e entusiasmo, livres das amarras do medo ou timidez que funcionam como travas que só servem para comprometer o crescimento do Reino. A noite após a Celebração, eles viveram um momento de confraternização.

154 visualizações

Comments


bottom of page