• Pascom Diocesana

Benção do Fogo Simbólico na Matriz de Cachoeira inicia comemorações do 2 de julho


O primeiro a carregar a tocha foi o maratonista José dos Santos Filho, mais conhecido como Zé de Zuza. Há 26 anos, ele participa da festa.

O fogo simbólico foi aceso na manhã deste sábado (30), durante a missa presidida pelo Padre Helio Vilas-Boas na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário em Cachoeira. A celebração marca o início das comemorações pela Independência da Bahia, que tem seu ponto alto no dia 2 de julho. O fogo simbólico percorrerá as cidades de Saubara, Santo Amaro, São Francisco do Conde, Candeias e Simões Filho, até chegar à Pirajá na capital baiana, no domingo, onde as comemorações pelos 195 anos da Independência da Bahia continuam.



Foto: Mariana Vilas Boas

57 visualizações0 comentário